Ouvido

Perda de audição

Proteja-se de ruídos intensos e persistentes. A perda auditiva induzida por ruído é irreversível. Há necessidade de acompanhamento regular através da audiometria e do exame clínico. Nos casos em que a perda auditiva compromete a comunicação, as atividades sociais e o aprendizado, a reabilitação auditiva será indicada.

Audição do bebê e criança

A preocupação dos pais e professores com a audição da criança deve ser valorizada. Crianças com fator de risco para a perda auditiva ou história familiar de perda auditiva devem ser acompanhadas periodicamente.

Dor de ouvido

A dor de ouvido é um sintoma que pode indicar diversos problemas como otites agudas e disfunção da articulação temporo-mandibular, sendo necessária a avaliação por um especialista para a elucidação diagnóstica.

Cera e corpo estranho

Para a limpeza das orelhas deve-se apenas lavá-las por fora durante o banho. O uso de hastes de algodão  é contra-indicado. Pode levar ao acúmulo de cera e à presença de corpo estranho no ouvido (algodão).

Otites Crônicas

Saída de secreção recorrente da orelha, geralmente com mau cheiro pode ser sinal de otite crônica. Nesses casos, a audição também pode estar comprometida. Há necessidade de investigação e tratamento cirúrgico em alguns casos, como na presença de colesteatoma.

Tontura e zumbido

A tontura pode ter origem no labirinto, órgão do equilíbrio localizado na orelha interna. Já o zumbido consiste na percepção de som pelo sistema auditivo na ausência do mesmo. Ambos podem ser causa de grande incômodo e prejuízo à qualidade de vida. O tratamento adequado para cada caso pode ser instituído pelo especialista após investigação.

Nariz e garganta

Nariz entupido

A obstrução nasal costuma ser pouco valorizada pelas pessoas em geral. Contudo, o nariz tem funções importantes como o aquecimento e a umidificação do ar. Respirar pelo nariz é mais fisiológico e menos trabalhoso para o corpo. Já observou como é difícil praticar atividades físicas com o nariz obstruído? Esse sintoma merece investigação e tratamento adequados.

Desvio de septo

O desvio de septo nasal, alteração anatômica frequente, é assintomático na maioria das pessoas. No entanto, pode ser responsável por obstrução nasal persistente, causando desconforto. O tratamento cirúrgico, quando indicado, possibilita o reestabelecimento da respiração nasal, com melhora na qualidade de vida.

Sinusite crônica

Secreção purulenta e obstrução nasal persistentes, mesmo após tratamento adequado, podem indicar sinusite crônica, que pode ocorrer com ou sem a presença de pólipos nasais e requer acompanhamento especializado.

Sangramento nasal

A epistaxe, mais conhecida como sangramento nasal costuma se resolver espontaneamente em grande parte dos casos. Sangramento persistente, recorrente ou em grande quantidade necessita de avaliação médica especializada e investigação complementar.

Adenoide e amigdalas

A hipertrofia de adenoide e das amigdalas ocorre quando essas estruturas estão aumentadas. Juntas, representam a principal causa de roncos noturnos e respiração bucal na infância. A avaliação por um otorrinolaringologista é indicada para crianças que apresentam esses sintomas.

Alterações da voz

Rouquidão, fadiga vocal e mudanças recentes do padrão da voz são motivos para se buscar a avaliação de um especialista. Podem ser causados pelo abuso vocal, mau uso da voz e até por lesões estruturais da laringe.

Sono

Roncos

Roncos noturnos são muito frequentes na população geral e costumam ser ignorados. No entanto, podem apontar para problemas de saúde ainda não diagnosticados, merecendo portanto, investigação adequada.

Cansaço e sonolência

A sonolência excessiva diurna prejudica o humor, a qualidade de vida e pode resultar em acidentes automobilísticos e no trabalho. Ocorre como resultado de hábitos inadequados da higiene do sono e de diversos distúrbios do sono.

Apneia

A apneia do sono ocorre quando o fluxo de ar é interrompido nas vias aéreas superiores durante o sono. É o principal distúrbio respiratório obstrutivo do sono e pode estar associado à sonolência excessiva diurna, lapsos de atenção durante o dia e até problemas cardiovasculares.

Insônia

Muitas pessoas sofrem de insônia crônica porém não passaram por uma avaliação clínica adequada. Essa condição prejudica a qualidade de vida e pode ter relação  com outras doenças, como a depressão. Existem diversas abordagens terapêuticas disponíveis.